Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Rua Cleveland, 250, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 75m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 2,5 . log (D / 6,2) 2 + mVS: 14,7; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,7; Comprimento do tubo óptico: 17”; Massa: 42 libras (19,1kg).

segunda-feira, 7 de maio de 2007

Polo Sul Celeste

As atividades do Clube de Astronomia recomeçaram esta semana a todo vapor. Os grupos de quinta série e de oitava série estudaram hoje, a partir de discussões das questões da última OBA, algumas "linhas" importantes pra localização dos astros. Hoje, marcadamente, aprendemos a localizar o equador celeste, o eixo do mundo e o polo sul celeste. Na foto ao lado, tirada pelo Cel Araujo, os alunos amontoam-se diante da linha meridiana que está desenhada no pátio do colégio para identificar o norte e o sul astronômicos, bem como para aprender apontar para o polo sul celeste.

domingo, 6 de maio de 2007

X Olimpíada Brasileira de Astronomia

Na tarde de sexta-feira, dia 04 de maio passado, vinte e três alunos do CMPA, 11 alunos do Ensino Médio e 12 alunos do Ensino Fundamental, entre integrantes do Clube de Astronomia e interessados, realizaram as provas de Nível 3 (quinta a oitava séires do ensino fundamental) e Nível 4 (ensino médio) referentes à X Olimpíada Brasileira de Astronomia (X OBA). Foi uma experiência fascinante para quem participou pela primeira vez e uma confirmação para quem já havia participado em outros anos. Para quem não participou fica a certeza que deixou ou perdeu a oportunidade de vivenciar uma grande experiência.

Um agradecimento e um elogio especial quero referir aos alunos Fernanda Costa, Maíra, Pedro Rodrigues e Valdez, da Terceira Série, que desde a oitava série têm participado de todas as provas das diferentes OBAs com o espírito despregado, alegre, crítico e comprometido. Esta foi a última participação deles como alunos do Colégio. Parabéns a eles, pois se levarem esse espírito para suas futuras profissões, tenho certeza que nossa sociedade poderá contar com grandes profissionais, em diferentes áreas!

Não foi desta vez!

Saíram os resultados da seletiva para compor os integrantes que participarão da XII Olimpíada Internacional de Astronomia na Criméia. E na lista dos selecionados não consta o nome do nosso aluno Nathan! De qualquer forma, felicitamos o aluno Nathan pela grande particpação em todas as etapas do processo seletivo. Acreditamos que, para vencer o aluno Nathan, realmente os classificados devam ter expressado com muito melhor qualidade suas respostas. Parabéns aos selecionados e que em outubro representem muito bem o Brasil, como o nosso aluno o teria feito.