Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Pátio do 1º CTA, Rua Cleveland, 250, com entrada pelo 1º CGEO, antiga 1a. DL, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 69m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 7,5 + 5log (D): 14,73; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,04; Comprimento do tubo óptico: 17” (43,18cm); Massa: 42 libras (19,1kg).

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Aluno do CMPA participa de prova seletiva para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia

No período compreendido entre 03 e 06  de fevereiro de 2019 o aluno Vitor Becker BRAGA, atualmente cursando o Primeiro Ano do Ensino Médio do CMPA e o professor de física, MS Luiz Carlos GOMES, estarão em Barra do Piraí, RJ, participando da Escola de Astronomia visando classificação do aluno para participar das olimpíadas internacionais de astronomia de 2019, a saber, Olimpíada Latino-Americana de Astronomia (X OLAA) na cidade de Puebla no México, em outubro, e InternationalOlympiad of Astronomy and Astrophysics (XII IOAA) na Hungria, em agosto.



Para chegar a essa seleção o aluno BRAGA e mais 800.000 alunos de todo o Brasil participaram da primeira fase da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica de 2018 (XXI  OBA) realizada em maio daquele ano. Desses 800.000 alunos foram selecionadas as melhores 1.000 notas para participarem de outra seleção através da resolução de três provas realizadas online. Para essa fase, o CMPA teve aprovados quatro alunos: Vitor Becker BRAGA, Nono Ano EF, LUCCA PRÁ Scherer, Nono Ano EF, João Pedro TEDESCO, Primeiro Ano EM e Gabriela VOLPI, do Segundo Ano EM.

Desses 1.000 alunos saíram apenas 150, dentre eles o aluno BRAGA, para uma última seleção que tirará 15 alunos apenas para participar das olimpíadas internacionais, sendo que desses 15 teremos 5 como suplentes. Essa última seleção agora é feita presencialmente ao longo de três dias, quando os alunos revezam aulas práticas e provas de seleção. Essa atividade presencial ocorre no Hotel Fazenda Ribeirão, BR 393 (Rodovia Lúcio Méier), km 247, Barra do Piraí, RJ.

Queremos agradecer o empenho do Comandante do CMPA, Cel Claudio Emmanuel FAULSTICH Alves, que se empenhou para a conquista de recursos para que o aluno BRAGA pudesse comparecer ao evento e, com certeza, um grande agradecimento à AACV, representada pela figura do TC Mário Gilberto da Silva LESCANO, que sempre, em todas as vezes que participamos de eventos dessa monta, financiou o custo das passagens aéreas para professor e aluno, bem como estadia e gastos do professor acompanhante.