Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Pátio do 1º CTA, Rua Cleveland, 250, com entrada pelo 1º CGEO, antiga 1a. DL, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 69m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 7,5 + 5log (D): 14,73; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,04; Comprimento do tubo óptico: 17” (43,18cm); Massa: 42 libras (19,1kg).

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Conheça o laboratório espacial mais alto do mundo




FONTE:
http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/conhea-o-laboratrio-espacial-mais-alto-do-mundo-04023270C8A98326?types=A&

Google Earth amplia sua cobertura do planeta Marte



FONTE:
http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/google-earth-amplia-sua-cobertura-do-planeta-marte-04023068C8998326?types=A&

Cientistas descobrem planeta potencialmente habitável



FONTE:
http://mais.uol.com.br/view/f4d5g8hwtbxo/cientistas-descobrem-planeta-potencialmente-habitvel-0402993760C4C173C6?types=A&

Espanhol dedica tempo livre caçando meteoritos



FONTE:

http://mais.uol.com.br/view/f4d5g8hwtbxo/espanhol-dedica-tempo-livre-cacando-meteoritos-04029C3662C0A93327?types=A&

Fotos de amador impressionam a Nasa



FONTE:
http://mais.uol.com.br/view/t15rl4kajx2a/fotos-de-amador-impressionam-a-nasa-04021B3360C4818326?types=A&

Vídeo da Nasa mostra Sol em 3D




FONTE:
http://mais.uol.com.br/view/t15rl4kajx2a/vdeo-da-nasa-mostra-sol-em-3d-040219346CE0891327?types=A&

Sonda da Nasa se aproxima da órbita de Mercúrio

Sonda da Nasa se aproxima da órbita de Mercúrio

 

Nas próximas semanas, a sonda Messenger, enviada ao espaço pela Nasa em 2004, deve entrar na órbita de Mercúrio, o menor planeta do Sistema Solar e também o mais próximo do Sol.
Como as temperaturas em Mercúrio chegam a 400ºC, um dos maiores desafios para a Nasa foi construir um isolamento térmico capaz de evitar que a sonda derreta ao chegar a seu destino.

"Fizemos uma espécie de sombrinha extremamente fina, como um biscoito. Ela mantém a temperatura exterior a mais de 315ºC, enquanto atrás da barreira, onde estão os equipamentos, ela fica por volta de 20ºC", afirmou à BBC o engenheiro Eric Finnegan, da universidade Johns Hopkins.

Sonda deve trazer oportunidades inéditas de estudo de Mercúrio
O centro de controle, em Washington, está enviando os últimos comandos para reduzir a velocidade da nave. Qualquer erro nesta fase pode levar a sonda a se despedaçar na superfície de Mercúrio ou a se perder no espaço.

O próximo passo vai ser a ignição dos retrofoguetes para a entrada em órbita. Só então a sonda começará a observar Mercúrio de perto - embora já tenha enviado à Terra fotos nítidas da superfície do planeta.

Cientistas acreditam que, ao conhecer Mercúrio mais a fundo, será possível compreender melhor como a Terra e os outros planetas do sistema solar se formaram.

Fonte: