Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Rua Cleveland, 250, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 75m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 2,5 . log (D / 6,2) 2 + mVS: 14,7; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,7; Comprimento do tubo óptico: 17”; Massa: 42 libras (19,1kg).

segunda-feira, 18 de março de 2013

Alunos do CMPA participam de prova seletiva final para Olimpíadas Internacionais de Astronomia

Na tarde do último sábado, 16/03/2013, entre 13h00 e 17h00, dois alunos do Segundo Ano do Ensino Médio do CMPA, Lucas Hagemaister e Gabriel Griep, participaram da prova seletiva nacional final para competirem com outros alunos de todas as partes do mundo nas olimpíadas internacionais de astronomia de 2013. Estão participando dessa seletiva final em torno de 195 alunos em todo o território nacional. Os participantes são de 21 estados: Acre (1), Alagoas (1), Bahia (3), Ceará (17), Distrito Federal (5), Espírito Santo (3), Goiás (3), Maranhão (2), Minas Gerais (24), Pará (4), Paraíba (2), Paraná (12), Pernambuco (10), Piauí (7), Rio de Janeiro (11), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (5), Rondônia (1), Santa Catarina (4), São Paulo (74) e Sergipe (5). Os participantes do Rio Grande do Sul são das cidades de Porto Alegre (2 do CMPA), Santa Cruz do Sul (1), Pelotas (1) e São Martinho (1). Desses 195 alunos deverão ser classificados um número em torno de dez. Desses dez, cinco irão para a cidade de Vólos, na Grécia (http://www.ioaa2013.gr/), no período de 27 de julho a 5 de agosto para participar da 7th Olympiad of Astronomy and Astrophysics (7th IOAA) e outros cinco irão para a V Olimpíada Latino-americana de Astronomia e Astronáutica a ser relizada em Cochabamba, na Bolívia.
A prova foi realizada na sala 102 do prédio B do Instituto de Matemátiica da UFRGS e coordenada pelo acadêmico Otávio de Macedo Menezes, ex-aluno do CMPA e atual participante da equipe que coordena as atividades da Olimpíada Brasileira de Astronomia. Otávio, quando aluno do CMPA, particpou das versões da 2nd IOAA em Bandung, na Indonésia, em 2008 e da 3rd IOAA em Teheran, Iran, em 2009.
Hoje, conversando com os dois alunos, eles afirmaram que a prova estava muito longa e difícil, mas tentaram responder a todas as questões. Vamos torcer e ficar no aguardo de notícias alviçareiras que deverão chegar após a Páscoa. Parabéns aos dois alunos!