Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Rua Cleveland, 250, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 75m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 2,5 . log (D / 6,2) 2 + mVS: 14,7; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,7; Comprimento do tubo óptico: 17”; Massa: 42 libras (19,1kg).

sexta-feira, 19 de março de 2010

Alunos do Clube de Astronomia no Observatório Capitão Parobé


Na noite de ontem, entre 19h00min e 22h00min, os alunos do Clube de Astronomia do Colégio Miltiar de Porto Alegre participaram da primeira atividade do ano letivo de 2010 junto ao Observatório Capitão Parobé. Foi um período de ricas discussões em muita participação dos alunos em torno do telescópio, principalmente pelo fato que ao lá chegarmos o mesmo estava desmontado por ter sido usado na noite de quarta-feira, 17 de março, em Osório, RS. À medida que o mesmo foi sendo montado, os professores Luiz Carlos GOMES, Antonio Carlos PAIM e Gentil Cesar BRUSCATO, iam explicando a função de cada componente e os respectivos cuidados que devem ser tomados na  sua montagem e utilização regular.  Após a montagem, seguiram-se as atividades de alinhamento do eixo da montagem de da buscadora com o aparelho principal. Apesar da umidade do ar presente e do número de nuvens finas que eventualmente cobriam o céu, pudemos identificar todas as constelações da época à vista desarmada e observar com o aparelho o planeta Saturno, o planeta Marte, o sistema duplo de estrelas de alfa-centauri e o aglomerado Caixinha de Jóias. Participaram da atividade os alunos Selbach (105), Samersla (701), Martins (704), Pereira (705), Schimitt (702), Richelli (104), Vitória Jalowitzki (103), Redin (902), Guarienti (905), bem como, mais tarde, os pais Eliana e Marcos Samersla.

Nenhum comentário: