Informações técnicas


Este blog é dedicado à divulgação das atividades do Clube de Astronomia e do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do Colégio Militar de Porto Alegre.

Localização

Rua Cleveland, 250, bairro Santa Tereza, Porto Alegre

Rio Grande do Sul – Brasil

30º03’55”SUL 51º13’04”OESTE

Altitude: 75m

Características óptico-físicas do telescópio Celestron C11

Sistema óptico: Catadióptrico Schmidt-Cassegrain; Abertura (D): 11pol (279,4mm); Distância focal do espelho primário(F): 110,2 pol (2799,1mm); Razão focal (número f) = F/D: f/10; Maior aumento útil: 660X; Menor aumento útil: 42X; Poder de resolução (s) = 11,6”/D: 0,42”; Resolução fotográfica: 200 linhas/mm; Poder de concentração de luz: 1593X; Magnitude visual limite m lim = 2,5 . log (D / 6,2) 2 + mVS: 14,7; Foco próximo com ocular: 60’; Foco próximo com câmera: 60’; Comprimento do tubo óptico: 25 pol (635,0mm); Massa: 27,5 libras (12,5kg).

Características óptico-físicas do telescópio Celestron CPC800

Sistema óptico: Catadióptrico Schimidt-Casegrain; Abertura: 8pol (203,2mm); Distância focal: 2032mm (80”); Número f: f/10; Maior aumento útil: 480X; Menor aumento útil: 29X; Poder de resolução: 0,57”; Resolução fotográfica: 200linhas/mm; Poder de concentração de luz: 843X; Magnitude visual limite: 14,7; Comprimento do tubo óptico: 17”; Massa: 42 libras (19,1kg).

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Observatório Capitão Parobé participa do I VINUA em Nova Petrópolis, RS


Participação do Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé do CMPA na I VINUA (1ª Vigília Noturna Ufológica e Astronômica) promovida pelo MGU (Movimento Gaúcho de Ufologia), realizado nos dias 3 e 4 de dezembro de 2011 no município de Nova Petrópolis-RS.
Sempre focados na divulgação da ciência, em especial da Astronomia, e atendendo convite do MGU, feito pelo Prof. Odone, devidamente autorizado pelo comando do CMPA, o Observatório Astronômico Didático Capitão Parobé apoiou a I VINUA, no tocante às questões astronômicas, com a participação do Prof. 1º Ten Bruscato  utilizando o telescópio Celestron de 8 polegadas CPC 800.Foram feitas observações de Júpiter e de quatro de suas 62 luas, da nebulosa de Órion, de Betelgeuse e da Lua que estava em quarto crescente.
Durante as observações foram ministradas orientações sobre fenômenos ópticos relativos à refração dos raios luminosos em nossa atmosfera, sobre a posição de planetas, de estrelas e de constelações, técnicas de observação de satélites artificiais, além de considerações e constatação da influência negativa que a poluição luminosa traz à observação do céu. O evento constou, na tarde de sábado, de palestra com definição de local e normas para observação que ocorreu desde as 08h30min de sábado até  01h30 min de domingo.

Nenhum comentário: